Kittler e o “sich”

Friedrich Kittler é um autor essencial à proposta de pesquisa sobre a teoria da mídia alemã.  Este semestre ele dá um curso no Hermann von Helmholtz Zentrum da Universität Humboldt, e seria interessnte poder acompanhá-lo.  Enquanto isso, avançando na leitura de Friedrich Kittler: zur Einfuhrüng, encontro a seguinte anedota: Em 1933, Adorno sugere a seus colegas do Instituto de Pesquisa Social uma aposta divertida.  Trata-se de uma competição para ver quem consegue colocar o reflexivo “sich”(“se”) mais perto do final de uma sentença.  O vencedor, naturalmente, é Adorno, com a frase: “Das unpersönliche Reflexivum erweist in der Tat noch zu Zeiten des Ohnmacht wie der Barbarei als Kulminationspunkt und integrales Kriterium Kritischer Theorie sich“.  A partir dessa anedota, e para reforçar sua posição anti-adorniana, Kittler decide se “proibir” de usar a palavra “sich” (“An dem Gebrauch oder Nicht-Gebrauch des Wortes ‘sich’ hing der ganze Adornismus!”).  Essa peculiaridade – seria como em português a gente falar “ele machucou” em vez de “ele se machucou” (como, aliás, as crianças costumam fazer) – compõe apenas uma pequena parte do singular estilo de Kittler, cujo linguajar já ganhou até uma palavra especial para defini-lo: “Kittlerdeustch” (“alemão de Kittler”).  Vale ou não vale a pena estudar um cara tão doido??

One thought on “Kittler e o “sich”

  1. Erick querido, que peculiar e pitoresco parece ser este pensador que te fascina… “A criança machucou; a criança se machucou…” A criança matou… a criança se matou… Um impossível suicida com a abolição ´do elemento reflexivo…Um vampiro que jamais se especulariza? Um descerebrado, que não se pensa? Alguém sem capacidade de introspecção,Ipedido de vivenciar processos graduais de individuação… misturado com os outros, sem self? sem superego? talvez um interessantíssimo e refinado psicopata intelectual? rsrsrsr Me conte mais dele… porque: “quando um sujeito vê o exterior… mas não se vê, de que critérios este teórico se vale para construir princípios, teorias ou aforismas? Me conte e me explique por favor!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s