Eletrodoméstica e Reflexões de um Liquidificador: devires e afectos humano-maquínicos

Apresentaremos na Alcar Sudeste 2018, também em Belo Horizonte:

autores: Yuri GarciaPaula Gorini OliveiraThaís InácioJuracy Oliveira.

Articulando a fértil discussão do hibridismo humano/máquina, nos interessa explorar mais precisamente os termos dessa relação em dois exemplares do cinema brasileiro: o curta-metragem Eletrodoméstica (2005), de Kleber Mendonça Filho, e o longa-metragem Reflexões de um Liquidificador (2010), de André Klotzel.

Com abordagens distintas, os filmes apontam para a eletrificação do humano em consonância com a subjetivação da máquina, de modo que a nossa análise tensiona os devires e os afetos enredados nesses agenciamentos humano-eletrodomésticos, que comungam corpos, pensamentos, ações e paixões, formando um coletivo de (não)humanos sem hierarquias, posto que os objetos falam por si mesmos ao exibirem os rastros dos vínculos que produzem.

05/06 – 14h

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s